A POMBA GIRA DA VIDA – MENSAGEM DE UMA GUARDIÃ

sem+t%C3%ADtuloTRECHOS DO TEXO DO MÉDIUM PEDRO RANGEL TELLES DE SÁ

Certa vez eu estava andando pelas ruas, as altas horas da madrugada, pensando na vida e nas coisas pertinentes a ela, quando perto de uma encruzilhada, uma imagem chamou senssivelmente minha atenção: era uma mulher extremamente bela, dessas de corpo perfeito, olhos esverdeados e cabelos negros, sedosos e ondulados e chegavam até a altura da cintura. Confesso que com esses nossos tempos de violência desenfreada, fiquei primeiramente muito preocupado com a segurança da moça. Mas depois fiquei preocupado com a minha própria segurança, se a bela moça fosse a isca para um assalto? E se…

“Moço, por favor não tenha medo de se aproximar. – Eu estava realmente receoso de aceitar o convite, e confesso que cheguei mesmo em pensar em dar meia volta e sair correndo com todas as forças do meu ser, mas o seu olhar ao fazer o convite, fora tão enfeitiçador, que não pude resistir e acabei me aproximando.

Ao chegar mais perto, ela me fez um convite inusitado, pedindo que eu ficasse ao seu lado e aguardasse alguns instantes. “TO LASCADO, MEU DEUS DO CÉU”, foi o que pensei, já imaginando que aquela mulher era dessasa de vida fácil. Mas só foi eu pensar nisso, que ela virou-se para mim e deu um sorriso tão maravilhoso e eu tive a nítida sensação que ela podia ler meus pensamentos.

-Está vendo moço, disse a bela mulher, chegou meu primeiro convidado. Não se preocupe com todos aqueles que vierem aqui ter comigo, serão incapazes de lhe enxergar. – Eu balancei a cabeça assentindo que estava tudo bem, apesar de achat tudo estranho. Procurei ficar bem atento com a conversação que estava para ininiar-se.

-Boa noite moço!

-Boa noite dona…

-Você está fazendo um curso pré-vestbular, mas de algumas semanas para cá, você nõ tem conseguido se concentrar nos estudos certo?

-É isso mesmo!

-É só você ameaçar pegar os seus livros para estudar, que começa a asntir um sono terrível, não é?

-Sim, disse o jovem rapaz que não deveria ter mais do que dezessete anos.

-Olha moço, eu estou autorizada a te dizer que você está com problemas no campo do conhecimento e necessitando de estimulação nessa área, mas também que se você quiser melhorar, eu tenho permissão para te ajudar tudo bem?

-Sim, tudo bem.

Nesse momento, a bela mulher fechou os olhos, como se estivesse a fazer algum tipo de oração e entrelaçou os dedos das duas mãos, posicionando as palmas voltadas para o solo; então uma espécie de luz azul claro bastante irradiante surgiu em suas mãos e ela as depositou em cima dos  joelhos do jovem; este deu um suspiro profundo e, como se fosse feito de fumaça, desapareceu da minha frente.

A linda moça deu uma gargalhada, em breves instantes uma mulher quer aparentava uns quarenta e cinco anos, estava à sua  frente.

Boa noite moça!

-Boa noite dona.

-Hoje você está aqui comigo em busca de equilíbrio em sua vida, porque seu ex-marido está judicialmente tentando tirar seu único filho. Ou seja, um problema no campo da justiça?

-Sim, é isso mesmo.

– Tenho permissão para te ajudar, peço que feche os seus olhos e se concentre, tudo bem?
A bela dama procedeu com a senhora, do mesmo modo como o fez com o jovem, e em seguida a mulher desapareceu, novamente como o jovem.

E assim sucessivamente, com várias pessoas, com problemas diferentes. Suas mãos emanavam uma energia azul clara, que era transferida, em forma de estímulo  a cada uma das pessoas que iam ter com ela, em desdobramento (durante o sono).

-Então moço, já descobriu quem eu sou?

-Sim. Creio que a senhora é uma entidade da Umbanda conhecida como Pomba Gira.

-Exatamente. E você sabe o que veio fazer aqui?

-Observar a senhora atender várias pessoas?

-Com que finalidade?

-Ah, isto eu não sei. Eu só sei que via a senhora esclarecendo as pessoas, para depois oferecer ajuda.

-Pois bem, detectando o problema e tendo a permissão do criador para resolvê-lo, estimulo as pessoas com o fator “desejo” de vencerem suas dificuldades.

-Diga a todos que eu existo! Existo para estimular, de acordo com a vontade do divino criador, em todos os seres necessitados, a geração das energias que beneficiem os sete sentidos da criação divina…

FONTE: http://pedrorangelsa.blogspot.com

MENSAGEM DA POMBA GIRA MARIA MULAMBO

DONA MARIA MULAMBOMENSAGEM DE DONA MARIA MULAMBO, RECEBIDA PELA MÉDIUM CLAUDIA BAIBICH EM 09 DE NOVEMBRO DE 2008.

Hoje falo à vocês que têm necessidades de definir, rotular e catalogar a tudo e a todos. Como se isso lhes desse alguma garantia de credibilidade e lhes amputassem as dúvidas que insistem em roubar-lhes a vida.

Primeiro, nós espíritos trabalhadores do bem, embora sejamos organizados naturalmente em padrões vibratórios que nos servem de moradas temporárias, não somos seres automatizados, criados em série, com codigos de barras.

Segundo, não somos serviçais particulares nem de cavalos nossos, nem de consulente algum. Nem nossa hierarquia nos obriga a fazer algo que não queiramos. Temos personalidades individuais, afinidades. Estamos em evolução e com um longo caminho pela frente. Ajudando a vocês, ajudamos a nós mesmos. Mas nem sempre é viável ou cabível a ajuda que nos pedem. Muitos de vocês não fazem nada, ou fazem muito pouco para melhorarem a  si mesmos, aos seus realcionamento e ao seu próximo. Querem soluções mágicas, sem esforços ou danos, fazem escolhas absurdas, se metem em todo o tipo de confusões, procuram o caminho mais difícil, jogam-se em abismos, atraem obsessores, fazem tudo errado. E depois ficam bravos quando não transformamos suas vidas em um paraíso da noite para o dia. Francamente, não somos santos e paciência tem limite, até do lado de cá. Se digo isso é porque sei o que é viver duramente. Muitos  são os que nasceram comprometidos com duras provas à resgatar, são esses os que mais precisam de nós, e têm a nossa cobertura, dentro do que nos é permitido ajudar.

Terceiro, ou vocês acreditam em nós, ou nos deixam em paz. Porque não temos nem interesse e nem tempo à perder com ingênuos que nos cobram, ou pior ainda, cobram de nossos cavalos, informações que nós não passamos para eles.  Nossos cavalos (médiuns) sabem penas o que queremos ou permitimos. Até sobre suas próprias vidas, não temos autorização para lhes passar todas as informações que gostariam. Que lhes interessa saber quantas encarnações eu tive, ou como vivi em cada uma delas. Criam as mais absurdas lendas a nosso respeito, isso até que nos diverte um pouco, quanta ingenuidade.

Entendam definitivamente  que nossa missão não é satisfazer curiosidades de quem quer que seja, não somos bobos da corte, para entretenimento de quem não tem nem fé e nem vida verdadeira. Aproveitem suas vidas de modo construtivo.

Sei que por muito tempo ainda, a maioria das pessoas irá acreditar que somos espíritos malígnos, não tementes a  Deus.

Ah meus queridos, se vocês soubessem quantos mistérios, quantos mundos e quantas realidades pairam sobre suas cabeças…

FONTE  http://pombagiras.blogspot.com

 

 

REVELAÇÃO DE UMA GUARDIÃ POMBA GIRA – DONA SETE ENCRUZILHADAS

MENSAGEM DA POMBA GIRA SETE ENCRUZILHADAS, RECEBIDA PELA  MÉDIUM LUELY FIGUEIRÓ

Nós andamos agitadas nas “Encruzilhadas”, não estamos gostando do que certos autores mal informados, que apenas cruzam pelos terreiros e que nem possuem a experiência da incorporação ou de

trabalhos dentro da curimba de uma Pomba Gira, se arvoram em falar sobre nossa corrente, sobre nossos trabalhos.

Nos comentam como se fôssemos lixo do astral, pessoas que escrevem sem possuirem o menor gabarito espiritual.

É de grande importância, queridos, que coloqueis sempre a vossa destra sobre os nossos enviados, filhos de santo, que com humildade e conhecimento de que todos os irmãos que se comunicam através de sua coroa, são espíritos já incorporados num exército divino, para elaborar uma trefa de amor e fraternidade e de respeito por vossas vidas e não desrespeito,

porque este sempre prte de vós e não de nós.

Se existem nos planos do baixo astral desrespeitosos eguns, é porque daqui partiram assim, sem o merecimento de serem incorporados em nossas milícias. São esses pobres vagabundos do astral menor, que necessitam de mais de orações e caridade.

Vós, como chefes de Terreiros e guias menores da Terra, que colocais sobre o peito, montões de colares, para assim serem reconhecidos, pois sois vós que deveis organizar os trabalhos. Sim, de mãos interpostas conosco, os irmãos do outro lado.

Para esses eguns sofredores, esses vagabundos desirosos e desvairados dos espaços, sejam socorridos e não enlameados, com

vossos propósitos mesquinhos. Muitas vezes, tomados por vossas

vaidades, não sabeis reconhecer quem pisa dentro de vosso Terreiro.  Aquele que é sofredor, aquele que é um mistificador, de uma Pomba Gira verdadeira. Porque a vossa vaidade vos cobre os olhos e vosso peito envergado de tantas “guias”, não vos permite ver; cuidado…

Por hoje é só.

Dona Sete.DONA SETE

POMBA GIRA POR MARIA QUITÉRIA

Bom dia moça, que o amor esteja sempre a abrir os seus caminhos. Hoje tenho um motivo especial para estar aqui.

Quero que vocÇe escreva um pouco sobre nós, as Pombas Giras…

tão mal interptretadas e sempre tão requisitadas em trabalhos relacionados ao amor… ou “falsos amores”. Diariamente tentamos ajudar humanos que se dizem sem forças porque foram traídos,

abandonados e esgotados, que perderm seu amor, perderm seu rumo e estímulo e se perderam em abismos por viverem em função de sentimentos egoistas e vaidosos, quando o difícil é

fazê-los perceber que esse falso amor nunca lhes pertenceu, e sim

o amor próprio que mor em cada um de nós, esse sim soma com

outros amores, o que nos dá a sensação de termosencontrado um

grande e único amor, o que realmente são, tão individuais como

cada ser e sua natureza…

CONTINUE LENDO:

www.rodrigoqueiroz.blogspot.com

MARIA QUITÉRIA